quarta-feira, 19 de junho de 2013

O nosso Monte Selvagem

Depois da visita veio a pesquisa de informação sobre os animais do Monte Selvagem, particularmente sobre o casuar, a ave que identificou o grupo da Sala Verde. Cada um fez um animal e assim surgiu a maqueta do Monte Selvagem. O trabalho que envolveu o grupo todo, ficou assim:

Uma panorâmica geral do parque

 O insuflável gigante, um dos divertimentos preferidos das crianças e ao fundo o trator e os atrelados que percorrem o safari.

A casa da árvore

A entrada, o camelo e os pavões

domingo, 12 de maio de 2013

A prenda da mãe


Foi esta a prenda que fizemos para a mãe - um espelho para usar na mala.
Não ficou lindo?







E as malinhas onde guardámos o espelho?



As mães merecem tudo! 

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Dia Mundial da Dança

Na sala fizemos uma bailarina em tamanho natural. A modelo foi a Benedita e o trabalho foi coletivo.








                                        E aqui está ela! 

terça-feira, 23 de abril de 2013

Padrões circulares

Ontem  a tarde foi diferente!
Ficámos tão entusiasmados com o padrão circular que fizemos na floresta, que na sala pesquisámos outros padrões na net  e depois fizemos nós um padrão, com os materiais que estavam à nossa disposição.
A seguir todas as crianças deitadas ou sentadas em volta do padrão, reproduziram no papel aquilo  que viam e como viam. 






E se olharem com atenção, as folhas de papel e as próprias crianças também fizeram parte deste padrão circular.


Foi um momento de grande concentração! 

sexta-feira, 19 de abril de 2013

As visitas do dia

Hoje, o dia foi mesmo divertido!

Tivemos a visita dos bichinhos-da-seda da Matilde Cruz e a visita da tartaruga Tá-tá da Carolina Almeida.


De manhãzinha estivemos a observar os bichinhos-da-seda da Matilde Cruz. Aproveitámos para lhe pedir 2 ou 3 bichinhos para a sala. 

 Com a lupa as crianças viram como era o corpo e as patinhas do bicho-da-seda e como comia a folhinha de amoreira.




De tarde estivemos a ver e a mexer na tartaruga da Carolina. É mais pequena do que aquelas que já conhecíamos.


Não é tão querida!?



Entretanto relembrámos algumas coisas que já tínhamos aprendido acerca das tartarugas.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

A brincar se aprendeu muito sobre as energias


Na 2ª feira, a Câmara Municipal de Oeiras, proporcionou-nos uma atividade no âmbito da Educação Ambiental e uma sensibilização para o consumo de energia. A técnica da Oeinergia  desenvolveu a atividade, em redor das energias que devemos consumir (rios, sol, vento e mar), e as que devemos preservar e usar racionalmente (petróleo, carvão e gás natural).




video

domingo, 14 de abril de 2013

Outras atividades experimentais

Já se fizeram outras atividades experimentais que suscitaram a curiosidade das crianças e trouxeram outros elementos ao conhecimento.

Assim fizeram-se experiências com o ar.


 
 


 
Conclusão: O papel não se molhou, porque o copo estava cheio com ar e a água não entrou.
 
 
Outra atividade


Conclusão: O ar pesa, por isso, quando se encheu o balão, o cabide inclinou ligeiramente para o lado do balão que estava cheio.
 
 
E ainda outra
 
Esta foi feita com a sala amarela, que nos quis mostrar uma experiência fantástica
O ovo, que no princípio não entrava no gargalo da garrafa, acabou por entrar muito rapidamente, quando o algodão ardeu. Dentro da garrafa estava ar que tinha oxigénio e que foi consumido pela chama.
 





A prenda do Dia do Pai

 
Dentro dos sacos desenhados pelas crianças, estava um jogo do galo feito com tampas de plástico. Cada criança fez 10 peças, 5 tinham a inicial do seu nome e as outras 5 tinham o P de pai, feitos em massa de modelar.
 
 
 
E alguns pais não perderam tempo e jogaram ali mesmo com os seus filhotes.
 
 
 
 

 


Esperemos que se continuem a divertir.


Também fizemos...

... Algumas atividades experimentais. A curiosidade foi imensa e os resultados estão à vista


Pôs-se um pouco de mel num recipiente





 
Depois um pouco de água
A seguir juntou-se óleo e finalmente o alcool
tingido de verde, para se ver melhor












 



As crianças até acharam que era magia, porque os líquidos não se misturavam. Mas não, tinha a ver com densidades e elas descobriram qual o líquido mais denso e qual o menos denso.


Depois deixaram-se cair diversas coisas ( feitas de diferentes materiais) dentro do copo
 
 
Foi o entusiasmo geral, pois todos quiseram adivinhar, em que patamar os objetos iriam ficar.
Aqui, vê-se bem o dado entre o mel e a água. Mas o metal e as bolinhas de barro afundaram no mel. As coisas de plástico, de cortiça e de madeira flutuaram no alcool e a vela ficou entre o óleo e o alcool.
 
Chegou-se à conclusão, de que há coisas mais pesadas (densas) do que outras. Neste caso o que é mais denso é o metal e o barro. Os menos densos são a madeira, a cortiça e as tampas de plástico.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

A visita do Clube O Pelicas


Já lá vai algum tempo que não dou qualquer notícia. Pois aqui está a notícia de uma atividade que aconteceu no final de janeiro.










A mãe da Carolina Almeida informou-nos sobre a existência do Clube O Pelicas do Montepio e por seu intermédio ele chegou até nós. As crianças tiveram a oportunidade de refletir um pouco sobre o que é o dinheiro, para que serve, onde se guarda e porque se deve poupar. Nos tempos que correm, nada poderia ser mais oportuno!
Penso que, a mensagem de que não se deve gastar dinheiro à toa e de que se deve poupar para quando aparece algo inesperado, passou para as crianças.
Agora andamos a construir mealheiros, para que cada um ponha em prática aquilo que aprendeu.

Desfile de chapéus de fantasia







video


Apesar do Carnaval já ter passado, deixo aqui um pequeno vídeo de uma das atividades que preencheram essa semana  e que teve um grande impacto na nossa comunidade. Sim, porque criatividade não faltou e as famílias esmeraram-se, a fazer os chapéus que foram os "reis" deste desfile.